Devido aos muitos casos de Gripe que se têm verificado, é frequente ouvirmos falar de Surto,

Epidemia e Pandemia.

O que significam e quando se utilizam?

Surto - utiliza-se esta designação quando existe um registo inesperado e repentino do número de casos de determinada doença numa região especifica, como por exemplo um bairro, uma localidade, etc.

Epidemia - significa que a ocorrência do número inesperados de casos de uma doença atinge várias regiões, bairros ou localidades. Assim, uma epidemia a nível municipal é aquela que acontece quando diversos bairros ou comunidades registam vários casos de uma doença, dentro do mesmo concelho. Estamos perante uma epidemia nacional quando a doença acontece em diversas/diferentes cidades ou regiões de um país.

Pandemia - utiliza-se esta designação quando os casos de doença se espalham por vários países. Numa escala de gravidade, a pandemia é o pior dos cenários, ou seja, acontece quando uma epidemia se espalha por diversas regiões do planeta.

Por exemplo, quando os atuais casos de gripe provocada pelo coronavírus, inicialmente estavam restritos à China, falava-se em Epidemia, mas quando se começaram a verificar casos de doença em vários países a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou estado de Pandemia mundial.