Decorreu no dia 6 de dezembro, no Convento de S. Francisco, em Coimbra, o 1ª Conferência Fórum Permanente para as Competências Digitais, inserido no Programa Nacional de Reformas e integrando o Programa INCoDe.2030, onde foram apresentados os Projetos Bandeira para cada um dos eixos: Inclusão, Educação, Qualificação, Especialização e Investigação.

Participaram os Ministros da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor e do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

A iniciativa juntou em Coimbra os principais intervenientes nacionais, para debater o futuro das competências digitais em Portugal, nestas cinco referidas vertentes.

Mangualde esteve presente e enquanto pioneiro, com a União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta, representado pelo seu presidente Marco Almeida.

No salão de exposições, com muitas dezenas de instituições de todo o país, inúmero público passou pelo stand de Mangualde, onde se detiveram interessados os diversos ministros, Mário Campolargo, director-geral de Informática da Comissão Europeia, Isabel Silva, coordenadora do Eixo I, o da Inclusão, que mostraram toda a disponibilidade para cooperarem neste envolvimento com a União das Freguesias e com Marco Almeida, na construção de Comunidades Criativas para a Inclusão Digital, com criação de balcões fixos para dar acesso à internet a toda a população e com o objectivo de diminuir o número de pessoas que não acede ou não utiliza a internet, englobando 6 parceiros institucionais locais e visando gerar nesta área uma igualdade de oportunidades para os cerca de 10 mil fregueses desta União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta.