A Capela de Nossa Senhora do Desterro – localmente conhecida por Capela do Rebelo -, por ter sido mandada construir por José Rebelo, integra os Paços do Concelho, antiga residência da individualidade referida.

O seu ano de construção foi o de 1742, conforme se lê em cartela exposta na parede interior da capela-mor. O retábulo do altar é de estilo rócócó, do último quartel do século XVIII, caracterizado pelos marmoreados e colunatas que prenunciam já o período neoclássico que se adivinhava. Foi, recentemente, alvo de conservação e restauro. Ali se resguarda o conjunto escultórico da Sagrada Família, no regresso do Egipto. É de salientar a leveza das curvas, a sensação de vitalidade, de movimento e de humanismo que aquelas imagens transmitem e que são exemplos icónicos das características da escultura barroca.
Construída sobre um podium que a eleva, permitiu a implantação de um escadório em semicírculo que antecipa uma fachada tipicamente barroca, cheia de curvas e contracurvas, de voltas e arquivoltas e que envolvendo o portal e a janela do coro alto, remata em frontão triangular também decorativamente preenchido.
Desde 1975 que se encontra classificada na categoria de Imóvel de Interesse Público.

 

António Tavares
Arqueólogo e gestor do património cultural